Cachorrada CACHORRADA
Cadastro Fale Conosco Quem Somos
Rio de Janeiro
Promoções
     
     
  Participar Pesquisa  
  Resultado Sorteios  
     
Raças de Cachorro
Artigos
     
     
  Adestramento  
  Alimentação  
  Comportamento  
  Moda Pet  
     
Notícias
Informações
     
     
  Denúncias  
  Gestação  
  Idade  
  Parasitas  
  Parcão (Parques)  
  Viagem  
     
Vídeos
     
     
  Cadastre-se  
  Meus Cachorros  
  PetNamoro (Procura)  
  PetNamoro (Cadastro)  
  Caricatura  
  Fotos Cachorros  
     
Classificados
     
     
  Adestramento  
  Criadores / Canil  
  Hospedagem  
  Passeador de Cães  
  PetShop  
  Produtos / Rações  
  Veterinaria  
  Serv. Especializado  
     
Filhotes
     
     
  Nomes Cachorros  
  Anúncios  
     
Siga o Cachorrada no Orkut Siga o Cachorrada no Facebook Siga o Cachorrada no Twitter


 
 
Destaque
 
O Cachorrada em parceria com Turismo 4 Patas ajuda a você a preparar uma ótima viagem com todas as dicas necessárias para não ter dor de cabeca.

Todas as informações foram obtidas no site da Turismo 4 Patas.
 
Destaque
 
Viagem por Terra

Vamos de Carro?
  • Escolha um horário que seja mais tranquilo para a nossa partida evitando, principalmente, horários de muito trânsito ou calor.
  • Não me deixe preso dentro do automóvel fechado, principalmente quando estiver estacionado sob o sol.
  • Não me transporte solto dentro do veículo. Além da caixa de transporte, existem alternativas para este caso, que são: os cintos de segurança apropriados para animais ou grades de proteção. Seja qual for a sua opção, me transporte com segurança e nunca no banco da frente. O Código Brasileiro de Trânsito prevê multas e perda de pontos na carteira de habilitação se eu estiver sendo transportado de outra forma que não as indicadas.
  • Faça paradas a cada 2 horas para que eu possa exercitar-me e fazer as minhas necessidades. Aproveite estas paradas para me oferecer um pouco de água.
  • Alguns pets podem sofrer enjoos durante a viagem, por isso, uma refeição leve 2 ou 3 horas antes da partida é o mais indicado. Evite me alimentar durante a viagem e mantenha-me hidratado. Cubos de gelo, se disponíveis, são uma ótima alternativa. Se eu vomitar, não me force a comer.

Vamos de ônibus?
  • Na esfera legislativa federal, a Instrução Normativa nº 18/2006, do Ministério da Agricultura, indica em seu art. 3º que cães e gatos estão dispensados da exigência da GTA (Guia de trânsito animal), porém deverão estar acompanhados de atestado sanitário, emitido por médico veterinário, comprovando a saúde do animal, principalmente atestando a vacinação anti-rábica.
  • Já no âmbito dos Estados existe a falta de legislação pertinente ao transporte rodoviário de pequenos animais. Entretanto registra-se um avanço em alguns estados, como é o caso do Rio Grande do Sul, onde a Lei nº 12.900, regulamentada pelo Conselho de Tráfego do Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem) com a resolução nº 4.938/08, autoriza e disciplina o transporte de animais domésticos nos sistemas regular e especial do transporte intermunicipal de passageiros no estado.
  • A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), por sua vez, orienta as empresas de transporte rodoviário e suburbano intermunicipais, do sistema regular, e usuários quanto ao transporte de animais domésticos, através do artigo 31, item VII do Decreto 29.913.
  • Nos demais estados, independente da existência de uma legislação específica, boa parte das empresas rodoviárias aceita transportar cães e gatos de pequeno porte, desde que você, meu dono, atenda a procedimentos básicos como: apresentar documento firmado pelo meu vet, atestando as minhas boas condições de saúde, emitido no máximo15 dias antes da data da viagem; apresentar a minha carteira de vacinação atualizada, na qual conste pelo menos as vacinas anti-rábica e polivalente. Eu devo ser acomodado em uma caixa de transporte, com dimensões apropriadas, e ser mantido em boas condições de higiene, segurança e conforto. A caixa de transporte deve ser alojada, preferencialmente, no assoalho do ônibus, próximo ao seu assento e restrito ao espaço físico de sua poltrona. Devo permanecer confinado durante toda a viagem, sendo proibida a minha acomodação no corredor do veículo ou ocupando um assento de passageiro.
  • Excepcionalmente, posso ser transportado no bagageiro, desde que o veículo possua compartimento isolado, com perfeitas condições de iluminação, ventilação e segurança, garantindo o meu bem estar.
  • Algumas empresas me transportam gratuitamente, outras cobram uma taxa que pode variar de acordo com a empresa e a linha.
  • A sedação não é exigida, ficando ao seu critério de acordo com a nossa necessidade. Mas, lembre-se de consultar o meu vet sobre isso!!!
  • Em todos os casos, é proibido o transporte de fêmeas grávidas ou no cio e deve-se preservar a comodidade, segurança e conforto dos demais passageiros.
  • E, em todo o território nacional, gozam de prerrogativa quanto ao livre trânsito, os deficientes visuais com os seus cães-guia. Já que a Lei Federal nº 11.126/2005 assegura ao portador de deficiência visual o direito de ingresso e permanência com o animal em veículos e nos estabelecimentos públicos e privados de uso coletivo e especifica como discriminação – sujeita a interdição e multa – qualquer tentativa que vise impedir ou dificultar o gozo do direito previsto.

Fontes: Secretaria de Transportes de São Paulo / Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem

Fonte: Turismo 4 Patas
Voltar
 
Destaque
 
 
 


Just Retriever SPA & Labrador Kennel

Albert Adestrador

Pet 7 Distribuidora de Rações Ltda

ARCA Brasil

Pet a Pet

Amo CachorroSelo: Vamos Trocar Banner?Pet CoisasPinscher ManiaCanil Love Dog´sSelo: Vamos Trocar Banner?
CACHORRADA - Site bom para cachorro...  
Anuncie
|
Quem Somos
|
Fale Conosco
 
  Patrocinadores: Mascote: Desenvolvimento: Hospedagem:
 
Bayer HealthCare Royal Canin Caes Amigos
BIGAS DevSite DogHost
 
  Apoio:
 
Cheios de Graça Canil Sharpei - São Lourenço PetLife DogNeem: Produto Natural Anticarrapto FraLaços Pet Super Luxo
 
Vendo este site